Partes e Características de um Motor de Indução Trifásico

Os motores de indução trifásico são muito utilizados na indústria por terem várias características vantajosas em relação aos outros tipo de motores. Neste artigo iremos falar sobre as partes e suas principais características em relação aos outros modelos.

O motor de indução trifásico, também conhecido como MIT, destaca-se por ser relativamente barato além de exigir pouca manutenção. São utilizados em vários ambientes além de conseguir atender a um grande número de cargas. Sua ligação na rede é simples.

Figura 1 – Motor de indução trifásica.
Porém existem algumas desvantagens na utilização do MIT como a corrente de partida que pode chegar de cinco a oito vezes a corrente nominal. Outro ponto negativo é o  fator de potência baixo com carga parcial, além do rendimento baixo se a carga for inferior a 50% da sua potência nominal. O controle de velocidade exige técnicas mais elaboradas.

Sua composição é composta basicamente por duas partes: rotor e estator (indicados na figura acima). O estator é composto por chapas finas de aço que possuem o formato de um anel com ranhuras internas. Estas ranhuras são utilizadas para alojar os enrolamentos. Ele é fixado na parte inferior da carcaça.

O rotor (parte móvel) localizasse na parte central do motor conectado com o eixo da máquina. Ele também é produzido de chapas finas de aço. Entre o rotor e o estator possui um pequeno espaço muito importante para o funcionamento do motor chamado de entreferro. Neste tipo de motor existem três enrolamentos que são alimentados por uma tensão senoidal. A alimentação é aplicada nos enrolamentos do estator, criando assim uma tensão induzida nos enrolamentos do rotor.

estator
Figura 2 – Estator.
É importante salientar que existem vários tipos de rotores sendo os mais comuns o rotor bobinado e o de gaiola de esquilo. O rotor bobinado possui a opção de modificar o tipo de ligação do rotor através dos terminais localizados na caixa de ligação da máquina. Isto é possível graças as escovas que fazem o contato do terminal com o rotor.
Rotor bobinado
Figura 3 – Rotor bobinado
Já no rotor gaiola a ligação é feita no interior da máquina e não há a possibilidade de modifica-la. Porém neste caso o motor é mais barato, robusto e precisa de menos manutenção.
Rotor gaiola de esquilo
Figura 4 – Rotor gaiola de esquilo

Sendo o motor mais utilizado na indústria, o motor de indução trifásico se destaca pela robustez, baixa manutenção e pelo seu preço. Mesmo tendo várias vantagens com relação a sua utilização, o MIT possui alguns problemas como a alta corrente de partida.Isto pode ser minimizado através de algumas técnicas utilizadas na partida.

Fonte: http://zondatec.blogspot.com.br/2014/04/caracteristicas-do-motor-de-inducao.html

Partes e Características de um Motor de Indução Trifásico
Avalie este artigo

Related posts:

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge