De onde vem o fio neutro? – Elétrica Residencial

Você já deve ter se perguntado de onde vem o neutro? Porque ele não vem junto com as fases no processo de transmissão?

O fio neutro é essencial, principalmente para as instalações de baixa tensão. Utilizar o fio neutro nas instalações é estratégico pois através dele é que temos a possibilidade de ter tensões como 127V e 220V por exemplo.

Uma das dúvidas mais comum, e que muitas vezes surpreende profissionais da área, é a questão da tensão de 220V monofásico.

Em muitas regiões a tensão (única) em residências é de 220V (fase + neutro) e isso se dá em função do fornecimento de uma fase e um fio neutro.

Concluímos então que a tensão fornecida nestas residências é de 380V.

Talvez você nunca tenha se perguntado isso simplesmente por nunca ter sido questionado sobre o assunto.

Mas a partir de agora, caso alguém o questione, você saberá a resposta, e poderá utilizar este esclarecimento até mesmo como argumento para aumento da sua credibilidade e geração de valor.

Não se esqueça, o fio neutro não é nenhum bicho de sete cabeças, e é importantíssimo ter o conhecimento sobre ele para a nossa profissão, além de utilizá-lo corretamente nas suas instalações, utilize também o seu conhecimento para embasar seus argumentos e também para demonstrar conhecimento.

Gerar autoridade, mostrar conhecimento é ótima maneira de conquistar clientes, mas nunca se esqueça que realmente ter o conhecimento é fundamental, ou você pode se encontrar em maus lençóis. Vender não é o único foco que você deve ter.

Fonte: https://www.saladaeletrica.com.br/de-onde-vem-o-fio-neutro/

De onde vem o fio neutro? – Elétrica Residencial
Avalie este artigo

Related posts:

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge