Como usar fita de autofusão – Elétrica Residencial

Você já ouviu falar em fita de autofusão? Sabe qual a aplicação desta fita? Sabe quando usá-la e onde usá-la?

Será que ela é a mesma coisa que a fita isolante?

Já vou adiantar e te dizer que não!

Você vai observar, além de ser uma fita responsável pela isolação elétrica de condutores energizados ainda responde pela proteção à infiltração de umidade.

fita de autofusão, também conhecida por fita de alta tensão possui uma característica (talvez a mais importante) que é a capacidade de isolamento em casos de tensões caracterizadas como média tensão.

Hoje vamos falar um pouco sobre como realizar isolamento com esta fita, quando e onde aplica-la e vou te explicar o porquê ela é diferente da fita isolante simples.

O que é fita de autofusão?

A fita de autofusão, também conhecida por fita de alta tensão possui uma característica (talvez a mais importante) que é a capacidade de isolamento em casos de tensões caracterizadas como média tensão.

Na verdade essa fita é conhecida como de “Alta Tensão” mas ela pode ser utilizada em tensões superiores a 100V AC e/ou 1500V DC, e estas tensões são determinadas como Média Tensão.

A fita de autofusão suporta uma tensão de até 69KV enquanto a fita isolante da mesma fabricante possui um limite de tensão de 750V.

Para falar sobre a fita de autofusão e a fita isolante, vou me basear na fita da 3M.

A Fita 23BR é uma fita isolante autofusão e alta tensão a base de borracha sintética de etileno propileno, não possui adesivo, disponível na cor preta, com espessura de 0,76mm, 19mm de largura, é recomendada para isolação de até 69KV, ela possui um separador plástico ( liner ) o qual deve ser removida na aplicação.

Como você pode observar, além de ser uma fita responsável pela isolação elétrica de condutores energizados, ela ainda responde pela proteção à infiltração de umidade.

Fita de Autofusão: Forma de aplicação

Para aplicar a fita é necessário:

  1. Remover o liner;

      NOTA: O adesivo liner deve ser removido antes de aplicar a fita, a não remoção do mesmo pode interferir na função da fita.

 

  1. Esticar (alongar) a fita até que a largura da mesma seja reduzida em aproximadamente 30 a 40% da largura original, ou seja entre 11,4mm e 13,3mm. Assim haverá melhor fusão das camadas.

 

  1. Aplicar a fita sobre a emenda sobrepondo em 50%sobre a fita e 50% sobre a emenda.

      NOTA: Caso a isolação fique exposta a luz, a mesma deve ser recoberta por uma camada de fita isolante, com sobreposição de 50%.

 

A fita de autofusão é indicada para casos específicos como:

  • Pode ser utilizada para isolação primária de fios e cabos para baixa, média e alta tensão;
  • Isolação primária de fios, cabos, emendas, terminais e terminações com classe de tensão de até 69 kV;
  • Atua como isolante elétrico nas Emendas e terminações de cabos que possam atingir a temperatura de 90° C;
  • Instalações residenciais como: jardins, chuveiros e ar condicionado.
  • Em casos em que preciso isolar cabos que tenha uma tensão superior;
  • Proteger o condutor ou emenda de umidade, lugares como frigorífico, açougue (mesmo que não seja usado a alta tensão).

Benefícios da Fita de Autofusão

  • Fita de alta isolação para emendas e terminações de cabos de baixa, média e alta voltagem;
  • Atua como isolante elétrico nas emendas e terminações de cabos que possam atingir a temperatura de 90° C;
  • Resistente à umidade;
  • Ótima e rápida fusão sem presença de bolhas
  • Temperatura Máxima de Operação 90ºC em regime contínuo e 130ºC em regime de emergência.

Conclusão

Agora que você conhece a fita de auto fusão, você pode escolher o melhor tipo de fita para suas instalações. A fita de autofusão irá facilitar o trabalho do eletricista, além de assegurar que sua conexão fique bem isolada e protegida.

É uma fita bem diferente da fita isolante, ela serve para baixa, média e alta tensão. De fácil instalação e resistente a temperatura (até 90°C).

Fonte: https://www.saladaeletrica.com.br/como-usar-fita-de-auto-fusao/

Como usar fita de autofusão – Elétrica Residencial
Avalie este artigo

Related posts:

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge